Pages

sexta-feira, 30 de agosto de 2013

Easy

6 comentários
E as dicas de livros não param, dessa vez a minha dica é sobre um livro muito bom e bem 'fácil' de se apegar: Easy.

 

Quando Jacqueline segue o namorado de longa data para a faculdade que ele escolheu, a última coisa que ela espera é levar um fora no segundo ano. Depois de duas semanas em estado de choque, ela acorda para sua nova realidade: ela está solteira, frequentando uma universidade que nunca quis, ignorada por seu antigo círculo de amigos e, pela primeira vez na vida, quase repetindo em uma matéria. Ao sair de uma festa sozinha, Jacqueline é atacada por um colega de seu ex. Salva por um cara lindo e misterioso que parece estar no lugar certo na hora certa, ela só quer esquecer aquela noite — mas Lucas, o cara que a ajudou, agora parece estar em todos os lugares. A atração entre eles é intensa. No entanto, os segredos que Lucas esconde ameaçam separá-los. Mas eles vão ter de descobrir que somente juntos podem lutar contra a dor e a culpa, enfrentar a verdade — e encontrar o poder inesperado do amor.


Minha opinião:
O texto aborda assuntos polêmicos como estupro, bebida alcoólica. A história é repleta de medos, traumas, insegurança...mas também é cheia de solidariedade, amor e compreensão. No começo imaginei que esse livro seria mais um clichê, pessoas que se conhecem do nada e desenvolvem uma louca paixão. Mas não é bem assim não! Jacqueline tomou uma decisão baseada no sentimento que tinha por seu então namorado Keneddy, porém esse namorado queria viver muitas coisas antes de se formar, por isso, acabou o relacionamento de 3 anos para poder curtir um pouco. Jacqueline, claro, sofreu um baque muito grande, além de que pra falar a verdade na sua vida antiga ela era rodeada por imbecis, incluindo seus pais. Tudo mudou pra ela quando quase foi estuprada por um irmão de fraternidade de seu ex-namorado, Buck. O ato só não aconteceu por causa de Lucas, um desconhecido para Jacqueline. De repente sua vida estava de cabeça pra baixo, longe da família, solteira, quase foi abusada sexualmente e ainda ferrada em Economia, matéria que só se inscreveu pra ter aulas junto com Keneddy (seu ex). O professor deu uma segunda chance pra que ela não se desse mal, indicou um tutor para que lhe ajudasse. Jacqueline descobre depois que Lucas, seu salvador, estuda na mesma turma de Economia que ela,e fica curiosa pra saber quem ele é, porém não quer contato, com medo de ser machucar mais uma vez. Começa a desenvolver uma amizade com seu tutor, Landon Maxfield, na verdade além de ser ajudada por ele eles começam ‘inocentemente’ a flertar, lembrando que eles não se conhecem. Buck não desiste de tentar abusar de Jacqueline e ainda faz-se por entender que eles realmente tiveram alguma coisa. Lucas é um rapaz que sofreu grande trauma na infância e o que ele é hoje é reflexo desse trauma. Aparentemente ele é um bad boy, por ter tatuagens, usar piercing e parecer alheio aos estudos. Mas na verdade Lucas é um rapaz incrível, alguém apaixonante. Muito ainda acontece...pedidos de perdão, segredos revelados,mais ação e muita emoção!

'Amor não é ausência de lógica mas a lógica examinada e recalculada aquecida e curvada para caber dentro dos contornos do coração.'

(Frase escrita pela mãe do Lucas, Rosemary, que anos mais tarde tornou-se uma de suas tatuagens. )


Beijinhos,


 

quinta-feira, 29 de agosto de 2013

BC Musical

17 comentários
Quinta-feira é dia de BC Musical no Moça de Família e o tema dessa semana é:


Quando vi o tema fiquei maquinando sobre quais músicas postar, então escolhi duas queridinhas minhas:

Behind Blue Eyes - Limp  Bizkit

 Música gravada originalmente pela banda britânica The Who

  
Knockin' On Heaven's Door - Guns N' Roses


Música gravada originalmente pelo cantor americano Bob Dylan

  

 
Pra ver mais BC Musical é só visitar o site da Dani



Beijinhos,
 





quarta-feira, 28 de agosto de 2013

Fotos da Giovanna

13 comentários
Hey childrens!

Primeiro gostaria de agradecer a vocês pelas palavras no post de ontem. Muito obrigada pelo carinho de vocês a mim e ao meu cantinho. 
Vocês são demais!

...

Tempos que não posto fotos da minha afilhada mais gostosinha do planeta né?! Então hoje vou dividir com vocês mais um pouquinho da beleza dessa gôdinha! Apreciem sem moderação!






Não tá a 'CÔSA MAR' linda da Dinda?!

Beijinhos,

terça-feira, 27 de agosto de 2013

Aniversário do Pedacinhos

13 comentários
Oi gentêêê,


Domingo o Pedacinhos de Mim completou um aninho!
Nem acredito que meu cantinho 'sobreviveu'! Digo isso porque tinha muito medo que ninguém visitasse meu blog, que não comentassem ou pior, que me criticassem. Mas nesse 01 ano fiz amizades muito legais, aflorei tantas coisas que estavam adormecidas e perdi a timidez que eu tinha. Nesse cantinho consigo me expressar sem vergonha, mostrar meus gostos (e desgosto tb). Nesse blog finalmente tô me encontrando!


Gostaria de agradecer a cada seguidor, a cada visitante. Vocês não imaginam como me sinto bem com os comentários, mesmo os que não concordam com meus pontos de vista, mas o legal de um blog é isso, dar sua opinião e receber as opiniões de vocês.


Beijinhos,


segunda-feira, 26 de agosto de 2013

Final de Semana

7 comentários
Bom diaaaaaaaaaa

Ai ai que preguiça
Lembrei da música do Orlando Moraes:
'Que preguiça de levantar, encarar a cidade...' 

...

Meu finds foi 'doentinho' de novo, sexta-feira já tava mal no trabalho, em casa consegui descansar! Depois de acordar do meu cochilo me entreguei as minhas companhias: Um livro e fones de ouvido! 
(Mais alguém lê ouvindo música?)


Sábado fiquei pior ainda, tossindo e espirrando, então me enfiei embaixo das cobertas e assisti a dois filmes:

Três metros acima do Céu

Eu assisti a continuação 'Sou louco por você', pra só então assistir a esse que é a primeira parte =/
História de dois jovens que pertencem a mundos diferentes. É a crônica de um amor improvável, quase impossível, mas que arrasta inevitávelmente eles a uma jornada frenética onde descobrem um grande amor. Babi (Maria Valverde) é uma garota de classe média-alta, educada, bondosa e inocente. Hache (Mario Casas) é um garoto rebelde, impulsivo, inconsciente, tem um apetite para o risco e perigo encarnado em brigas intermináveis ​​e corridas de moto ilegal, fora do limite do bom senso.

Infidelidade


Num subúrbio de Nova York Connie Sumner (Diane Lane) leva uma vida feliz e segura ao lado de Edward (Richard Gere), com quem está casada há 11 anos e tem um filho, Charlie (Erik Per Sullivan), que amam muito. Aparentemente nada poderia se interpor na felicidade deste casal, mas este amor será posto à prova quando Connie, ao se ver no meio de uma ventania muito forte em uma pequena rua do Soho, acaba derrubando Paul Martel (Olivier Martinez), um belo e sensual francês que carregava uma pilha de livros. Ela machuca levemente seu joelho e, como não consegue pegar um táxi, Paul a convida para ir até o apartamento dele. Lá Paul flerta de uma maneira bem discreta, arrumando gelo e ataduras para o joelho dela. Ela então liga para Charlie dizendo que irá de atrasar, mas antes que ela parta Paul lhe dá um livro de poesia persa. Ela menciona com Edward o que aconteceu, mas está claro que está ficando obcecada por Paul. Logo ela regressa à cidade com um pretexto para ligar para ele. Os dois se tornam amantes e são dominados por uma paixão que não pára de crescer. Edward sente que Connie está diferente e então contrata Frank Wilson (Dominic Chianese), um detetive, para seguir Connie. Seus maiores temores são confirmados, então Edward decide se confrontar com Paul, sem imaginar que esta decisão afetará ele e Connie para sempre.

Domingo ganhei mimo da sogra (pão de queijo) e provei um bolo de caneca que tinha comprado no começo do mês. A noite pedimos macarrão chop suey:



 Mas e o finds de vocês, como foi?

Beijinhos,

 



sexta-feira, 23 de agosto de 2013

Percy Jackson e o Mar de Monstros - Filme

17 comentários
Hoje é dia de falar sobre cinema

Quarta eu e minha amiga Fernanda fomos assistir ao filme baseado na série literária escrita por Rick Riordan, 'Percy Jackson e o Mar de Monstros'. Infelizmente eu assisti ao primeiro filme da série sem ter lido o livro primeiro, então o livro meio que perdeu o encanto, então não li também esse segundo livro. 
(Sou assim mesmo, cheia de frescura,tá?! Hehehehe)


O aniversário de 17 anos de Percy Jackson (Logan Lerman) foi surpreendentemente calmo, sem ataques de monstros ou algo do tipo. Entretanto, uma inocente partida faz com que Percy e seus amigos se vejam desafiados a um jogo de vida ou morte contra um grupo de gigantes canibais. A chegada de Annabeth (Alexandra Daddario) traz ainda outra má notícia: a proteção mágica do Acampamento Meio-Sangue foi enveneada por uma arma misteriosa e, ao menos que seja curada, todos os semideuses serão mortos. Não demora muito para que Percy e seus amigos tenham que enfrentar o mar de monstros para salvar o local.


Minha opinião:

Não sei se eu tô muito chata pra filme ou se é porque as estreias não estão à altura (hahahaha). Não é que o filme seja ruim, a história em si é muito boa, mas o filme é um tanto SEM SAL, certo que tem aventura e comédia, mas os atores pareciam 'bonecos', meio aguados. Acho que perderam muito tempo focando na história da chegada do Tyson ao acampamento e do bullying  que ele sofria, inclusive os créditos vão pra o Tyson pela animação no filme, acho que sem ele o filme teria sido TERRÍVEL, mas não precisavam ter focado tanto nele. Podiam ter focado na história verdadeira, no suspense, deviam também ter explorado mais a história entre Luke e seu pai, Hermes. Falando em Luke, que vilãozinho mais sem graça, nem parecia vilão. E a 'traição' de Luke e os outros meio-sangue? E o envenamento da árvore (Thalia)? Isso ficou meio esquecidinho! Faltaram momentos de 'Oh, Nossaaaaa', faltaram momentos de deixar seu coração na mão! E pra finalizar, quando terminou a luta entre Percy e o grande deus Cronos? JURA que foi tão fácil assim?? Mais um filme que podia ser visto apenas em DVD!

Querem dar uma conferida no trailer?


 
Beijinhos,
 




 

quinta-feira, 22 de agosto de 2013

BC Musical

22 comentários
Quinta-feira é dia de BC Musical no Moça de Família e o tema dessa semana é:


Eu confesso que essa foi a BC mais difícil de fazer. Mas eu lembrei de uma música que serve tanto pro meu irmão e pra minha cunhada (Sérgio e Eliane) quanto pra família que eu escolhi (Tia Tânia e seus filhos). Como já citei assim que comecei o blog, perdi meus pais há alguns anos, meu pai há 12 anos e minha mãe há 04 anos, então eu vivo bem distante dos meus familiares de sangue mas encontrei na família de uma amiga a minha família também. A BC de hoje é duplamente especial.

Porque eu sei que é amor - Titãs



'Porque eu sei que é amor
Eu não peço nada em troca
Porque eu sei que é amor
Eu não peço nenhuma prova '




Pra ver mais BC Musical é só visitar o site da Dani


Beijinhos,
 
 
 

terça-feira, 20 de agosto de 2013

Aconteceu em Paris

13 comentários
A resenha de hoje é sobre um livro que ganhei da minha melhor amiga.
Um dia fomos dar uma passeada no shopping, pra variar paramos na livraria e ela me deu esse livro! Vamos conhecer um pouquinho dele?


 

Evie Dexter quer fazer carreira como guia de turismo. Determinada como é, e cheia de coragem por causa de um ou outro drink, ela logo começa a “melhorar” seu currículo. E consegue um ótimo emprego: acompanhar turistas por toda Paris. Agora é só uma questão de se firmar como profissional demonstrando o seu melhor. Mas os vinhos franceses são tão gostosos... E seu tutor, Rob, é bonito demais! O primeiro romance de Molly Hopkins é um livro que todo mundo gostaria de ler. É verdade que você pode se incomodar com o comportamento de Evie quando ela descobre que Rob é muito rico, e pode até ser que você ache que Rob é exageradamente controlador. Mas nada é maior que as gargalhadas que você dará quanto mais conhecer a garota descomedida, apaixonada e com um imenso coração que é Evie. Uma moça como muitas que conhecemos.
  
Minha opinião:

O que eu posso falar dessa história que tanto me cativou? É uma delícia ler a história tão maluca e apaixonante de Rob Harrison e Evie Dexter. Ele, é centrado, sabe seus limites, às vezes é controlador demais mas também sabe ser cavalheiro, além de ser lindo, educado e rico, mas não é nenhum bilionário que procura uma mocinha inocente! Ela é uma criatura cativante, você tem uma leve noção da ‘falta de noção’ da moça quando ela se candidata a uma vaga de guia turística de Paris quando ela na verdade nunca nem foi até lá, todo seu conhecimento tem base na Vogue e num filme que ela assistiu. Quando li a sinopse já imaginei o quanto de risada que iria dar por conta dessa incrível maluca. Mas nessa história não é só ela que parece ter parafusos a menos. Além dela temos Lulu, sua companheira de apartamento, Lexy, sua irmã, a família grega do Nikki e por que não incluir na lista suas sobrinhas gêmeas? Tá bom a Lauren, não se encaixaria nessa categoria, mas a Becky? Ah! Essa ‘monstrinha’ se encaixa com certeza! As aventuras de Evie cuidando das sobrinhas me renderam boas gargalhadas. Crianças como Becky traumatizam qualquer ser humano. Acredita que o bichinho de pelúcia da criança é um morcego??! Hahahahahha. A aventura começa mesmo quando Evie pra variar faz um monte de besteiras e esquece a bolsa em casa, ou seja, será responsável por um grande número de pessoas num país que nem ela conhece e é incapaz de lembrar de carregar sua própria bolsa! Mas ela conta com a ajuda de um cara m-a-r-a-v-i-l-h-o-s-o: Rob!  Apesar de seu jeito totalmente controlado e tentar manter tudo nos conformes, ele é envolvido pela loucura despretensiosa de Evie. Ela que consegue se safar das coisas de maneira brilhante, claro que ela é fera na arte de mentir mas, nada que não justifique os meios. Os passageiros da primeira viagem de Evie são uma gracinha, senhores e senhoras que ao mesmo tempo em que nos encantam às vezes nos dão nos nervos. Mas Evie com sua maneira 'Evie de ser' consegue dar um jeito nas coisas, sempre! O que gostei dessa história é que a autora não enrolou pra Rob e Evie ficar juntos, isso aconteceu no mesmo dia que se conheceram. Bem rapidinhos eles! Só teve uma coisa que me irritou um pouco, o jeito meio bruto e controlador do Rob algumas vezes, apesar de que ele também era super carinhoso com ela. Eles não são um casal convencional, não mesmo, na verdade eles mais brigam e implicam um com outro do que falam palavras bonitas. Rob foi um fofo quando Eviei foi parar no hospital, coitada, quase morre em Paris, e dessa vez a culpa não foi dela! Mas aí, caramba, não imaginei que a história fosse dar a reviravolta que deu. Nossa, sofri com a Evie! Tadinha, não merecia! Aí a autora conseguiu me ganhar mais uma vez, a história não ficou chata, nem entediante, Evie com seu jeitinho conseguiu nos arrancar mais risadas apesar do sofrimento que passou. E a participação de Alice na história pós-acontecimento horrível?(vou chamar assim pra não contar o que aconteceu) Ela foi de grande ajuda mesmo quando não deveria se intrometer! Mas aí algum tempo se passou e Evie foi parar onde? Escócia, passar a véspera de Ano Novo, cuidando de um bando de crianças e pra surpresa dela: Rob! Ele era irritante e ao mesmo tempo hilário. Rob e Evie conseguiram manter o meu entusiasmo e garantiram um final muito fofo, lindinho e engraçado. Mas nada foram flores pra eles, Rob teve que ‘rebolar’ pra garantir o final feliz.

Resumindo, o livro é MUITO BOM! É um livro leve (tirando umas partes quentes), os personagens não carregam traumas do passado, são ativos e te cativam, não são personagens chatos, ao contrário são deliciosos de conhecer! Tantos os personagens principais quando os secundários são muito legais. Como disse mais acima, o livro te arranca muitas risadas. Vale à pena lê-lo, é diversão garantida. 

A história terá continuação mas, em outro ambiente, será em Veneza. Pena que ainda não tem data de lançamento aqui no Brasil.


Beijinhos,

segunda-feira, 19 de agosto de 2013

Final de semana

10 comentários
Bom dia flores do diaaaaaaaaaa

Mais uma semana que começa!
Que apenas as coisas boas cheguem até nós!


Sexta-feira terminei de ler mais um livro: Só tenho olhos para você e como ainda era 'cedo da noite' comecei outro: Métrica (Slammed)


Sábado foi dia de me 'embelezar' porque a noite teve saidinha com meu grupinho da escola, o G5!




Domingo foi dia de preguiça, afinal cheguei MEGA tarde em casa!


 E vocês, que aprontaram nesse finds?


Beijinhos,

 



sexta-feira, 16 de agosto de 2013

Sessão Ego - 27.06.2013

13 comentários
Bom diaaaa
Mais uma semana acabando: T.G.I.F
Huhuhuhuhuhuhu

...

Falei AQUI semana passada do passeio que fiz com o maridão na Vilinha, hoje trago as minhas fotos (na preparação do passeio). Confiram comigo as lindas fotos! Hahahaha






Nos encontramos na segunda-feira, pode ser?

Beijinhos,


quinta-feira, 15 de agosto de 2013

BC Musical

22 comentários
Quinta-feira é dia de BC Musical no Moça de Família e o tema dessa semana é:
 

Assim que vi o tema pela primeira vez fiquei sem idéia do que postar, BUT com o passar dos dias lembrei de algumas que me 'perseguiram' nos últimos tempos. Vamos conferir?
 
Show das Podersosas - Anitta


 Às vezes me 'pego' cantando: PRE-PA-RA! hahahahahaha  


Ai se eu te pego - Michel Teló

 
Não tenho escutado tocar em nenhum lugar ultimamente, passou a fase, mas se escuto, a danada da música fica martelando dentro da minha cabeça: 
'Ai se eu te pego, ai ai se eu te pego!' ARMARIA NÃM! 


 
 

Pra ver mais BC Musical é só visitar o site da Dani




Beijinhos,

 

quarta-feira, 14 de agosto de 2013

TAG

17 comentários
Oiiiiiiii gentê


Eu recebi a indicação dessa TAG da querida Aline do O Sonho de Thalia, vamos conferir minhas loucuras?? Hahahahaha

7 COISAS PARA FAZER ANTES DE MORRER

Comprar minha casa
Ter filhos (dois tá bom.)
Aprender a dirigir (Sai da frenteeee)
Aprender inglês (The book is on the table!!)
Emagrecer (Já passa da hora né fia?!)
Conhecer a Disney (Sem infância hahaha) 
Aprender Dança do ventre 


7 COISAS QUE MAIS FALO

'Tais doido' (gíria pernambucana)
'Preciso emagrecer! ' (isso enquanto como no McDonald's)
'Tudo eu nessa casa' (marido bicho-preguiça)
'Oiiiiiiiii' (Fresca não?!)
'PUJESUS' (gíria do meu grupinho da escola)
Quero esse livroooo (viciada)
Me dá?! (sou pidona mesmo)


7 COISAS QUE FAÇO BEM

Ser tia (eles que falam tá?!)
Ser madrinha (quando a Gigi crescer saberei se é verdade) 
Ler
Escrever (não escrevo coisas cultas, mas desenrolo bem)
Fazer as pessoas rirem (sou muito palhaça)
Fotografar (isso inclui ME fotografar tb)
Dormir (Ahhh como é bom dormir!)


7 COISAS QUE NÃO FAÇO

Treinar (ir à academia)
Assistir a filmes de terror
Desenhar (nem casinha,viu?!)
Cantar bem (Bem, porque cantar, ah!eu canto muito)
Dormir sem orar
Maltratar (Seja animal ou humano)
Fumar


7 COISAS QUE ME ENCANTAM

Bebês (A pureza em forma de gente)
Natureza (Tem coisa mais maravilhosa?)
Pessoas educadas (Faz um bem danado)
A felicidade dos meus sobrinhos (são minha vida)
O aprendizado diário da minha afilhada Giovanna
Som de uma guitarra (Fico arrepiada mesmo)
Livros e mais livros (Quero ter uma biblioteca)


7 COISAS QUE EU NÃO GOSTO

Trabalho doméstico (mas n tem jeito)
Viver longe da minha família
Preconceito ( seja com quem for)
Assistir reportagens policiais
Comer verduras e legumes
Acordar enquanto não matei o sono (quase sempre)
Gente falsa


Na brincadeira devo indicar 7 blogs para essa TAG, mas quem eu indicar não se sinta obrigada a fazer tá?!



Beijinhos,