Pages

terça-feira, 20 de agosto de 2013

Aconteceu em Paris

A resenha de hoje é sobre um livro que ganhei da minha melhor amiga.
Um dia fomos dar uma passeada no shopping, pra variar paramos na livraria e ela me deu esse livro! Vamos conhecer um pouquinho dele?


 

Evie Dexter quer fazer carreira como guia de turismo. Determinada como é, e cheia de coragem por causa de um ou outro drink, ela logo começa a “melhorar” seu currículo. E consegue um ótimo emprego: acompanhar turistas por toda Paris. Agora é só uma questão de se firmar como profissional demonstrando o seu melhor. Mas os vinhos franceses são tão gostosos... E seu tutor, Rob, é bonito demais! O primeiro romance de Molly Hopkins é um livro que todo mundo gostaria de ler. É verdade que você pode se incomodar com o comportamento de Evie quando ela descobre que Rob é muito rico, e pode até ser que você ache que Rob é exageradamente controlador. Mas nada é maior que as gargalhadas que você dará quanto mais conhecer a garota descomedida, apaixonada e com um imenso coração que é Evie. Uma moça como muitas que conhecemos.
  
Minha opinião:

O que eu posso falar dessa história que tanto me cativou? É uma delícia ler a história tão maluca e apaixonante de Rob Harrison e Evie Dexter. Ele, é centrado, sabe seus limites, às vezes é controlador demais mas também sabe ser cavalheiro, além de ser lindo, educado e rico, mas não é nenhum bilionário que procura uma mocinha inocente! Ela é uma criatura cativante, você tem uma leve noção da ‘falta de noção’ da moça quando ela se candidata a uma vaga de guia turística de Paris quando ela na verdade nunca nem foi até lá, todo seu conhecimento tem base na Vogue e num filme que ela assistiu. Quando li a sinopse já imaginei o quanto de risada que iria dar por conta dessa incrível maluca. Mas nessa história não é só ela que parece ter parafusos a menos. Além dela temos Lulu, sua companheira de apartamento, Lexy, sua irmã, a família grega do Nikki e por que não incluir na lista suas sobrinhas gêmeas? Tá bom a Lauren, não se encaixaria nessa categoria, mas a Becky? Ah! Essa ‘monstrinha’ se encaixa com certeza! As aventuras de Evie cuidando das sobrinhas me renderam boas gargalhadas. Crianças como Becky traumatizam qualquer ser humano. Acredita que o bichinho de pelúcia da criança é um morcego??! Hahahahahha. A aventura começa mesmo quando Evie pra variar faz um monte de besteiras e esquece a bolsa em casa, ou seja, será responsável por um grande número de pessoas num país que nem ela conhece e é incapaz de lembrar de carregar sua própria bolsa! Mas ela conta com a ajuda de um cara m-a-r-a-v-i-l-h-o-s-o: Rob!  Apesar de seu jeito totalmente controlado e tentar manter tudo nos conformes, ele é envolvido pela loucura despretensiosa de Evie. Ela que consegue se safar das coisas de maneira brilhante, claro que ela é fera na arte de mentir mas, nada que não justifique os meios. Os passageiros da primeira viagem de Evie são uma gracinha, senhores e senhoras que ao mesmo tempo em que nos encantam às vezes nos dão nos nervos. Mas Evie com sua maneira 'Evie de ser' consegue dar um jeito nas coisas, sempre! O que gostei dessa história é que a autora não enrolou pra Rob e Evie ficar juntos, isso aconteceu no mesmo dia que se conheceram. Bem rapidinhos eles! Só teve uma coisa que me irritou um pouco, o jeito meio bruto e controlador do Rob algumas vezes, apesar de que ele também era super carinhoso com ela. Eles não são um casal convencional, não mesmo, na verdade eles mais brigam e implicam um com outro do que falam palavras bonitas. Rob foi um fofo quando Eviei foi parar no hospital, coitada, quase morre em Paris, e dessa vez a culpa não foi dela! Mas aí, caramba, não imaginei que a história fosse dar a reviravolta que deu. Nossa, sofri com a Evie! Tadinha, não merecia! Aí a autora conseguiu me ganhar mais uma vez, a história não ficou chata, nem entediante, Evie com seu jeitinho conseguiu nos arrancar mais risadas apesar do sofrimento que passou. E a participação de Alice na história pós-acontecimento horrível?(vou chamar assim pra não contar o que aconteceu) Ela foi de grande ajuda mesmo quando não deveria se intrometer! Mas aí algum tempo se passou e Evie foi parar onde? Escócia, passar a véspera de Ano Novo, cuidando de um bando de crianças e pra surpresa dela: Rob! Ele era irritante e ao mesmo tempo hilário. Rob e Evie conseguiram manter o meu entusiasmo e garantiram um final muito fofo, lindinho e engraçado. Mas nada foram flores pra eles, Rob teve que ‘rebolar’ pra garantir o final feliz.

Resumindo, o livro é MUITO BOM! É um livro leve (tirando umas partes quentes), os personagens não carregam traumas do passado, são ativos e te cativam, não são personagens chatos, ao contrário são deliciosos de conhecer! Tantos os personagens principais quando os secundários são muito legais. Como disse mais acima, o livro te arranca muitas risadas. Vale à pena lê-lo, é diversão garantida. 

A história terá continuação mas, em outro ambiente, será em Veneza. Pena que ainda não tem data de lançamento aqui no Brasil.


Beijinhos,

13 comentários:

  1. Oi flor!
    parece ser muito bom o livro,estou com um aqui que minha prima escreveu '' Mistérios do destino'' romance aah é muito bom ler !!
    Otima semana.. Beijinhus

    ResponderExcluir
  2. Ei Fê,

    Eu quero muito ler este livro, o que mais gostei foi o marcador da Torre Eiffel que veio no kit hehehe.
    Vi umas resenhas negativas, falando que não gostou da menina pq ela bebe muito e tal, mas quero ler e ver o que vou achar. Tomara que eu goste como vc.
    bjs

    ResponderExcluir
  3. Oi, Fernanda

    Estou com esse livro na minha fila de espera! Gostei da sua resenha, acho que vou dar uma espiadinha e passá-lo na frente. Beijos

    Carol Estrella
    Romances e leituras

    ResponderExcluir
  4. Oi Fê vc contou a história de uma forma tão cativante! tão gostosa que realmente eu fiquei interessada em ler este livro, a moça deve ser maluquete mesmo eu tb ja me candidatei a cada vaga de emprego sem noção nenhuma acredita rsrs

    Bjs

    Gélia

    ResponderExcluir
  5. Oi Fê! Este livro está aqui separadinho para ler, gostei de saber que temos aqui personagens cativantes, pelo visto você gostou mesmo, a resenha está tão empolgante.Bjos!!
    Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  6. Hmm, me interessei. Vou baixar aqui no net.
    obrigada pela dica.
    beijos!

    ResponderExcluir
  7. Oi Fernanda. Pelo relato parece ser um livro bem gostoso de ler mesmo. A minha fila de leitura está um pouco grandinha, rsrs, então acho que posso encaixá-lo para o ano que vem, rsrs. É claro se eu aguentar esperar :)

    Abraços. Fabiana.

    ResponderExcluir
  8. Oie
    eu quero ler esse livro, entao nao vou ler sua opiniao onde fala sobre ele..vou ler e depois vejo se gostei hehe
    bjo

    ResponderExcluir
  9. Fiquei com vontad de ler esse livro ;)
    Bjinhus super carinhosos ;)

    ResponderExcluir
  10. Deve ser muito bom mesmo!
    BJs
    janamakesesmaltesecia.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. Você acabou de me deixar tranquila quanto ao tamanho do livro, achei que seria cansativo e meio enrolão, mas estou vendo que a leitura se mantem gostosa do começo ao fim. Tenho o livro e pretendo lê-lo logo!!!

    Bjs, @dnisin
    www.seja-cult.com

    ResponderExcluir
  12. Estou doida pra ler esse... Está na fila.. depois de Amante Finalmente, Toque de Vermelho, Dias de Sangue e Estrela e ..... ai meu Deus.... ainda tem um montão!!! rsrsrsr mas quero muito ler este!
    Bjs ...
    http://cladoslivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Obrigada por passar no meu cantinho! Volte sempre!