Pages

segunda-feira, 22 de outubro de 2018

{Cotidiano} Finde 42 de 2018

0 comentários
Hellooo,


♥ Sexta: Durante o dia a correria de sempre no trabalho e a noite, depois de muitos anos, fui a um barzinho (desses de bairro mesmo) com marido e Arthur a tira colo hahahaha

♥ Sábado: Fiz faxina pesada e almoço. Marido saiu a tarde, Arthur ficou brincando na casa da priminha. A noite ficamos um pouco na calçada conversando, o calor tá insuportável! Pra encerrar a noite terminei de ler 'Quase Mentira - Ro Storch'

♥ Domingo: Logo no início da manhã meu celular descarregou  e não carregou mais. Quando dei uma olhadinha nele, percebi que o visor tava meio levantado, provavelmente bateria inchada :( passei o resto do dia estranha sem telefone kkkkkkkk almoçamos fora, dormimos a tarde e a noite assisti 'E se fosse verdade...' mais uma vez!

Celular na assistência, aguardando notícias boas hahahaha

E por aí, como foi o finde?

Beijinhos,


sexta-feira, 19 de outubro de 2018

{Música} O que tenho ouvido... #03

9 comentários
Helloooo,

Estou pensando em tornar alguns tipos de postagens esporádicas em postagens 'fixas', como faço com as postagens sobre o Finde. Um tipo que pretendo postar mensalmente é essa: o que tenho ouvido! Espero que vocês estejam gostando e se tiverem dicas de mais postagens que queiram aqui no Pedacinhos é só me falar nos comentários!


Na postagem anterior postei sobre músicas mais calmas, mais relaxantes. Hoje trago algumas que me animam, não necessariamente são agitadas, mas elas me dão uma sensação boa, de querer cantar e dançar ;)

Youngblood - 5 Seconds of Summer


Meu abrigo - Melim



Thunder - Imagine Dragons


X - Nicky Jam x J Balvin


Girls Like You - Maroon 5


Conhecem alguma dessas? 
O que vocês tem ouvido recentemente?


Já tivemos o #01 e o #02, só clicar na # e conferir!


Beijinhos,



terça-feira, 16 de outubro de 2018

{Maternidade} Cama Compartilhada

12 comentários
Hellooo,

Antes de ser mãe eu tinha muitas teorias, uma delas era que: 'lugar de criança dormir é na cama dela'! Sabe aquela história de cuspir pra cima?!


Arthur nasceu, com 2 dias fomos pra casa e aí começou a vida real hehehe ele mamava em livre demanda, então era praticamente o dia todo! Nossas noites eram na sala, eu sentada no sofá assistindo enquanto ele mamava e fingia que ia dormir. Passaram-se alguns meses e viajamos pra cidadezinha dos meus pais para visitar meus familiares. Na casa da minha tia não tinha um bercinho pra ele, que na época tinha 6 meses, então acabou que o nosso bebê dormiu conosco na cama! Depois de quatro dias nessa rotina, voltamos pra casa e ele adoeceu. Quase ficou internado, então juntando a quase pneumonia e o dengo, ele acabou por dormir conosco por mais uns dias. Dias esses que se tornaram ANOS! Sim, a partir daí ele nunca mais saiu da nossa cama, o tempo foi passando, por conta da amamentação eu me acomodei. Ele mamou até 1 ano e 2 meses, então ter o Arthur na cama me facilitou muito, era só 'colocar o peito pra fora' e ele mamar! Ele parou de mamar mas continuou na cama, foi crescendo, tomando espaço e continua lá, com seus 4 anos completos!


- Mas você nunca vai tirá-lo da sua cama, Fernanda?? Vou sim! Pretendo fazer essa transição até o final do ano e quando esse processo acontecer, volto pra contar pra vocês como tudo aconteceu! Mas se eu ainda não fiz, porque estou contando isso agora? Porque nós temos a mania de criticar/julgar uma realidade que não vivemos. Eu que tanto enfatizei sobre o quanto era importante o bebê ter o lugar dele, estou mais de 3 anos vivendo outra realidade. Mesmo que essa não fosse minha vivência, eu não teria o direito de opinar na forma de conduzir de uma outra mãe! O que muito se fala mas que ainda pouco se vive é a tal da empatia! Conselho é válido, dicas e vivências são super importantes mas nós devemos lembrar que cada casa vive uma rotina, cada família tem seu jeito de viver! Eu vivo essa realidade de cama compartilhada hoje mas tenho a pretensão de não fazer isso caso eu tenha outro filho. Não que seja uma coisa ruim, mas essa experiência me serve de aprendizado.

Como funciona na casa de vocês?
Alguém viveu isso? Tem dicas pra mim?


Beijinhos,


segunda-feira, 15 de outubro de 2018

{Cotidiano} Finde 41 de 2018 + Feriadão Dia das Crianças

10 comentários
Hellooo,


♥ Quinta: Saímos do trabalho 1h mais cedo, acabei indo com uma amiga de trabalho tomar um cappuccino e papear um pouco.

♥ Sexta: Feriado! Arthur acordou cedo como sempre, arrumei a casa rapidamente e ficamos vendo desenho. A tarde fomos ao shopping pra passear e ele brincar na super piscina de bolinhas.

♥ Sábado: Dia de estágio, foi bem cansativo mas bem produtivo. A noite curti um pouquinho com Arthur e assistimos 'Viva - a vida é uma festa'
Me emocionei demais!

♥ 
Domingo: Lavei roupa, dei uma geral rápida na casa e saímos pra almoçar. A tarde depois da soneca, fomos pra festa das crianças lá do bairro. A noite ainda fomos à praça e ele brincou mais um pouco!

Feriadão bem aproveitado por aqui!
E por aí, como foi??

Beijinhos,

quinta-feira, 11 de outubro de 2018

{Dia das Crianças}

8 comentários
Hellooooo,


Que nossas crianças cresçam rodeadas de amor e atenção!
Que tenhamos em nós um pouquinho da magia infantil!


Um feriadão recheado de coisas boas
e até segunda-feira!

Beijinhos,




terça-feira, 9 de outubro de 2018

{Na Cozinha} Bolo de Pote

9 comentários
Helloooo,

Ainda sobre a festa de 4 anos do Arthur (tá rendendo kkkkk)! Já mostrei o passo a passo do Bolo de Kit Kat, docinhos e hoje vou falar sobre o bolo que foi servido para as crianças nas marmitinhas: o Bolo de Pote!


Eu esfarelei o bolo (mesma receita do bolo principal) e coloquei um pouquinho em cada potinho, umedeci o bolo com uma misturinha de água e açúcar. Fiz um brigadeiro mole pra cobrir o bolo principal e separei um pouco para os bolos de pote. Por cima joguei confeito miçanga (bolinhas) para decorar e personalizei a tampa colando o punho do Hulk.


-------------------- 💜 --------------------

Preferi fazer bolo de pote porque a quantidade é pequena e as crianças não comem tanto como os adultos. Então, mesmo se eles não quisessem, poderiam tampar e levar pra casa! Não teve tanta sujeira e foi a quantidade certinha pra cada um, eles amaram!


Beijinhos,





segunda-feira, 8 de outubro de 2018

{Cotidiano} Finde 40 de 2018

9 comentários
Hellooo,


♥ Sexta: Apesar do cansaço, no comecinho da noite levamos Arthur pra brincar na pracinha. Aproveitamos e lanchamos por lá mesmo.



♥ Sábado: Fiz uma faxina super pesada, a tarde tava destruída! A noite, terminei de ler 'Raio de Sol - Cinthia Basso'

♥ Domingo: Lavei roupa, nos arrumamos e fomos votar. Saindo de lá almoçamos, deitei um pouco enquanto a família ficava acompanhando a política hehehehe a noite organizei as coisas pra semana.

Finde tranquilo por aqui e por aí, como foi?

Beijinhos,



sexta-feira, 5 de outubro de 2018

{Na Cozinha} Docinhos

7 comentários
Helloooo,

A festinha do Arthur tá rendendo post, né?! Hoje vou falar sobre os docinhos : Brigadeiro de Ninho e Brigadeiro de Chocolate.


Brigadeiro de Ninho
  • 1 lata de leite condensado
  • 1 colher (sopa) de margarina
  • 4 colheres (sopa) de leite Ninho
Brigadeiro de Chocolate
  • 1 lata de leite condensado
  • 1 colher (sopa) de margarina
  • 4 colheres (sopa) de chocolate em pó

O modo de preparar é igual para ambos, misture os ingredientes com o fogo ainda desligado, quando estiverem misturadinhos ligue o fogo médio/baixo e mexa sem parar. Quando estiver desgrudando do fundo da panela mexa ainda por um tempinho enquanto a mistura borbulha. Se você retirar do fogo assim que começar a soltar do fundo da panela ele vai ficar mole pra enrolar! Quando deligar o fogo, coloque em uma travessa/prato e deixe esfriar naturalmente. Eu fiz na sexta a noite pra enrolar somente no sábado pela manhã, então assim que esfriou, cobri com plástico filme e levei à geladeira.


No outro dia, separei as forminhas, coloquei granulado/leite em pó num prato, passei um pouco de margarina nas mãos e fui enrolando os docinhos. Eu comprei um pacotinho de fundo rendado para o docinho não ficar em contato direto com a forminha de papel, pra dar um charme hehehe Para armazenar, comprei uma caixa de papelão própria para cozinha (aquelas de pizza) e coloquei na geladeira. 

-------------------- 💜 --------------------

A receita rende em média 50 docinhos, depende muito do tamanho que você fizer. Eu fiz num tamanho médio e as forminhas comprei tamanho 6! Dentro da caixinha de papelão os docinhos não ficam cristalizados (suados) e você pode armazenar por até 5 dias (dica de uma amiga).

Beijinhos,


segunda-feira, 1 de outubro de 2018

{Livros} Meta Literária: Setembro

10 comentários
Helloooo,
Mais um mês de desafio chegou ao fim! Vamos conferir o que andei lendo no nono mês do Desafio 52 semanas 52 livros?

Para sua Conveniência -  Katherine York


Casamento de conveniência? Charlie Smith e Nate O’Connell não se davam bem e foram obrigados a entrar em um negócio juntos: um casamento. Nate e Charlie se conhecem há uma década e não voltaram a se falar depois de todo esse tempo. Nos últimos dez anos, ele se tornou um empresário bem-sucedido, e ela, uma cientista de sucesso. Depois da morte de uma pessoa importante para os dois, eles se reúnem e descobrem que o testamento tem uma cláusula que precisam cumprir: casar e conviver durante um ano. Agora Nate precisa aprender a perdoar o passado e dar uma chance para o futuro, e Charlie precisa perder o medo de se comprometer e dar uma chance ao amor.

Beat - Vi Keeland



O sorriso com covinhas de um menino. O corpo rígido de um homem. Canta como um anjo. Fode como o diabo. Eu estava presa entre um rock star e uma situação difícil. Aos quinze anos, eu tinha seu cartaz pendurado na parede do meu quarto. Aos vinte e cinco anos seu corpo pairou sobre o meu. A fantasia de cada menina tornou-se minha realidade. Eu estava namorando um rockstar. No entanto, eu estava caindo lentamente por outro homem. O problema era que os dois homens partilhavam um ônibus de turismo. Flynn Beckham era parte da banda de abertura. Dylan Ryder era a atração principal. O que acontece quando a banda de abertura começa a brilhar tão forte, que ofusca tudo no seu rastro? Vou lhe dizer o que acontece. As coisas ficam feias.

Promises - April Kroes



Juntos eles tinham uma história, planos, sonhos, amigos, promessas e acima de tudo: Eles eram uma família. E família sempre protege, ama, cuida e jamais abandona. Amber Miller e Liam Wheeler são apaixonados desde a adolescência. Duas pessoas com sonhos diferentes, mas planos e promessas em comum. Ela levava a sério as promessas que foram feitas. E ele viu uma porta aberta para os seus sonhos e futuro à frente de tudo e todos. Eram promessas ditas que pareciam inofensivas, mas que para ela valiam muito mais do que qualquer coisa. Em uma noite eles têm a sua vida transformada por completo. Decidida a esquecer o passado, Amber se muda para Londres, deixando tudo sem olhar para trás, inclusive Liam. Mas agora ela está de volta ao lugar que nunca deveria ter saído: New York. Será que Amber está pronta para enfrentar a volta de um fantasma do passado e disposta a deixar as mágoas de lado para perdoá-lo? Tempo foi o suficiente para curar as feridas? Ele sabia que o que fez no passado colocou em risco toda a história que juntos tinham, mas será que é tarde demais para arriscar pela primeira vez em colocar a necessidade de outra pessoa antes da sua? Será que um pedido de desculpas será o suficiente para uma promessa quebrada? Para eles, o amor nem sempre é o suficiente.


Promises: Até a última promessa - April Kroes (Conto)



O casamento em Las Vegas foi só o começo da nova página na vida de Amber e Liam. Nesse conto especial, Liam traz uma nova surpresa para Amber cinco anos após o casamento. O que está por vir?


Meu astro do Basquete (Boston Globe Livro 1) - Cinthia Basso



Beatriz é uma bibliotecária simples e maluca, que sonha em ficar frente a frente com o lendário astro do basquete, Josh Currey. Quando uma reviravolta acontece e tudo se encaminha para um final desanimador, ela se surpreende em como o destino pode pregar peças e virar toda a nossa vida de cabeça para baixo. Josh por outro lado, está aproveitando seu momento, tanto para se consagrar, como para ajudar as pessoas as quais tem a oportunidade de ajudar. É um homem decidido e que sabe a responsabilidade que carrega nas costas, adorando um bom jogo e aceitando todos os desafios à ele impostos. Mas, será que ambos se encontrarão em meio a tantos empecilhos, dentre eles, a fama mundial do jogador? E se o passado conter tudo o que procura para o futuro? Nesse jogo da vida ambos descobrirão que um vencendo, os dois se tornam campeões!

Antes do Sucesso (Boston Globe Livro 2) - Cinthia Basso



Allan James é um dos jogadores mais famosos da NBA. Todos querem estar ao seu redor por causa do seu jeito humilde, e o adoram pelo seu bom humor. No entanto, o que ninguém percebe, é que debaixo de tudo isso, ele esconde suas mágoas e tristezas, tentando afastar memórias de alguém que um dia fora insubstituível. Roselyn Stewart é uma pacata bibliotecária que não se preocupa ou se interessa por fama nem atenção, mas sua vida vira de pernas para o ar quando James, o famoso jogador, se infiltra no seu mundo tranquilo, sem ao menos pedir permissão. Com seu jeito brincalhão e irresistível, ele mexe com seus sentimentos e a deixa confusa, fazendo-a repensar tudo o que acreditava sobre os homens. Ninguém sabe, mas o passado de ambos pode estar mais perto do que imaginam, e só eles poderão escolher os caminhos para o futuro. Pode o presente ser mais importante que o passado? E se o passado bater à sua porta, você o manda embora ou o convida a entrar?

Na marcação do Amor (Boston Globe Livro 3) - Cinthia Basso



Silas Johnson é um homem tranquilo, que sempre quis encontrar alguém com quem pudesse contar. Não têm muitas ambições, é o mais romântico dos seus três amigos e não se importa com as piadas ao seu redor. Afinal, como dizem, Silas é o Silas e todos sabem o quão romântico ele é capaz de ser. Diane Kannemberg por outro lado, é uma jornalista esportiva brasileira, que sabe o que quer e isso inclui se sair bem na sua profissão, sem ficar à sombra de ninguém. Odeia como os astros acham que podem ficar com todas as mulheres do planeta e, principalmente, odeia a confiança com a qual eles falam com ela. Silas sabe que ela vai ser dele. Diane só pensa em quão idiota ele é por pensar isso. Os dois vão acabar perdendo e descobrindo que na marcação do amor, o que menos importa é vencer. 

-------------------- 💜 --------------------

Assim como nos meses anteriores, alguns desses livros baixei gratuitamente pelo Kindle e li pelo celular. Foram 06 livros e 1 conto ao total, duas leituras em  especial me deram nos nervos mas não desisti e terminei os livros! No geral, foi um mês ótimo de leituras.

Beijinhos,