Pages

terça-feira, 30 de julho de 2013

Bebê de Outubro

Normalmente eu assisto a filmes no final de semana, porque na maioria das vezes, durante a semana eu me entrego mais aos livros. Por isso os filmes que eu 'indico' aparecem mais nas postagens de segunda-feira, onde escrevo o resumo do final de semana ou quando vou ao cinema, que é quando faço uma postagem exclusiva. Porém durante a semana passada assisti a um filme muito bom e quis falar dele separadamente. Como diz o título o nome do filme é: Bebê de Outubro.

 

Abrem-se as cortinas, Hannah entra no palco… momentos depois, ela se vê caída ao chão. Todos os exames médicos levam a uma só direção: o difícil nascimento de Hannah. O diagnóstico médico nem se compara à descoberta de quem são seus pais: Hannah foi adotada – após uma tentativa de aborto malsucedida. Perplexa, confusa e irritada, Hannah toma um novo rumo em sua vida na companhia de seu velho amigo Jason. Nessa busca para descobrir seu passado obscuro e encontrar esperança no futuro incerto, ela percebe que a vida pode ir além dos nossos planos e projetos. 

Minha opinião:
Tudo muda na vida de Hanna quando de repente ela já não sabe mais sua verdadeira história. Aparentemente ela tem tudo, o amor de seus pais, uma boa vida, um amigo com quem sempre pode contar...Porém ela sempre se sentiu estranha com relação à sua vida, sem entender o porquê desses sentimentos. Quando descobre que é adotada ela começa a entender porque sempre se sentiu à parte da família e o porquê de tantos problemas de saúde. Decide viajar com alguns 'amigos' e passa por poucas e boas nessa viagem. Viagem essa que ela decidiu fazer para encontrar sua mãe biológica. Mas a viagem não sai exatamente como ela esperava e a mãe que ela tanto queria ver não a quis mais uma vez. Volta pra casa e só depois de um tempo consegue digerir tudo que descobriu! Além de encontrar respostas pro seu passado, Hanna também consegue começar a ter idéia do seu futuro. O amor de seus pais por ela é muito grande, eles escolheram ela, eles escolheram amá-la mas só depois de descobrir realmente de onde veio é que ela começa a enxergar isso. Um personagem também importante em toda essa história de Hanna é Jason, seu melhor amigo... O filme trata de dois assuntos digamos, difíceis: Aborto e Perdão.
Vale a pena assistir até o final, e mais, é preciso esperar até os últimos segundos pra grande história desse filme. O que acontece enquanto passam os créditos é muito emocionante!
  
'Só com o perdão você pode ser livre.' 
Beijinhos,
 

7 comentários:

  1. Adoreii a dica de filme,vou procurar pra assistir...beijos

    LInda terça-feira!!!

    ResponderExcluir
  2. Fiquei curiosa para ver este filme, não conhecia ele, nem havia visto propaganda. Mas deve ser bom!

    Bjos

    ResponderExcluir
  3. Gostei da dica do filme, quero ver!
    Bjs
    janamakesesmaltesecia.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Pelo título confesso que não me chamou muito a atenção, mas lendo a resenha,com certeza é muito interessante. Vou indicar esse filme pra minha cunhada. Ela é adotada e passa por algumas situações de doenças e tals por querer saber do seu passado e outras coisas que deixam ela aflita. Muito bom mesmo! Obrigada por compartilhar :)
    Beijocas

    ResponderExcluir
  5. Adorei a dica \o/
    vou assistir hoje.

    Heheh eu sempre me jogo nos filmes que vc recomenda!

    Boa semana querida!

    ResponderExcluir
  6. Ei Fê, sua linda!
    Vc me deixou super curiosa pelo final da história, o filme parece ser super bonito mesmo..
    Vou ver se me dedico a assistir ele e mais alguns neste final de semana! Adoro!
    Beijinhos
    http://talitascoralick.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Esse filme aborda um assunto bem polêmico mesmo! Nunca assisti, mas fiquei curiosa! Parece ser bonito e triste ao mesmo tempo...
    Ótima dica!! :)

    Beijos,
    Marcella
    Diário de Marcella

    - Facebook
    - Twitter

    ResponderExcluir

Obrigada por passar no meu cantinho! Volte sempre!