Pages

terça-feira, 24 de setembro de 2013

Desastre Iminente

Mais uma dica de livro apaixonante.
A história no ponto de vista do Travis Maddox, de Belo Desastre:

 

Quando é demais para amar? Travis Maddox aprendeu duas coisas de sua mãe antes de morrer: Amor rígido; lutar mais. Em Desastre Iminente, a vida de Travis está cheio de mulheres rápidas, lutas subterrâneas e violência. Apenas quando ele pensou que era invencível, Abby Abernathy traz ele de joelhos. Toda história tem dois lados. Jamie McGuire, autora de uns dos bestsellers mais vendidos pelo The New York Times, Belo Desastre, Abby era quem dizia. Agora é hora de ver a história através dos olhos de Travis.

- CONTÉM SPOILER -

Minha opinião:

Essa é a versão de Travis para o relacionamento com Abby que conhecemos em Belo Desastre. Obviamente que, por conhecer a história no geral você acha que já conhece bem a história e não espera muita coisa, mas engana-se quem pensa assim. Apesar de ser a mesma história, vendo pelos olhos de Travis ela parece ser diferente. Já começa emocionante no prólogo, quando descobrimos o significado de ‘Beija-flor’, o porquê do Travis chamar a Abby assim desde o primeiro dia em que se viram. É possível entender melhor o motivo dele ser tão mulherengo e até aquele momento não ter se envolvido realmente com nenhuma menina. A maneira como ele conta a história é mais intensa, na minha opinião, porque a Abby tava tentando de tudo pra mantê-lo afastado e depois querendo apenas sua amizadade. Os diálogos dele com Shep e às vezes América, o que ele planejava pra fazer com ela, o sentimento que ele já tinha, mas não tinha coragem de admitir. Tão bonitinho ele planejando a festa dela, e o ciúme do Parker? Mesmo quando ele era bruto e impulsivo, ele era por causa do sentimento que tinha pela Abby. Até mesmo quando ele fez a burrada de considerar a proposta do Benny, ele tava fazendo pra tentar ser o melhor pra ela. Também foi legal saber pelos olhos dele como ele se sentia quando a Abby tava no apartamento! E a primeira vez deles? Coitado quando acordou no outro dia... Tadinho dele quando ela fugiu dele depois de Vegas também... Imaginei ele correndo atrás dela, desesperado, e depois passando a noite esperando ela voltar. E as mensagens? Tão impulsivo e ao mesmo tempo tão apaixonado. Ele claro fez muita besteira, mas ele tentou desde o começo ser alguém bom pra ela. Achei que a Abby apesar do sofrimento que também passou foi culpada pelo tempo que passaram separados. E eles fingindo estar juntos no dia de Ação de Graças? Emocionante ele pedindo pelo menos pra ficar abraçado com ela. Como sofreu esse rapaz! E deu raiva da Abby e da América quando viram Travis e Megan no apartamento... Ué, a Abby não acabou tudo, afastou o Travis de todo jeito? Aí não gostou quando ele tava tentando, sem sucesso, esquecê-la? Mas o engraçado foi a festa do Dia dos Namorados, a Abby bem que mereceu ser carregada pra fora da festa. E enfim, eles juntos de novo! Pensei que Travis fosse ter um colapso nesse livro, porque nunca vi sofrer tanto. Mesmo quando era bom ele achava que não era suficiente. E o incêndio? Deus do Céu, coitado do rapaz, pensando que tinha perdido o irmão e quase perdeu realmente a namorada. Só tensão! O livro não fala muito do casamento em si, fala mais quando eles já estavam de volta. Só achei que ele devia ter falado mais detalhadamente do momento da tattoo dela, afinal deve ter sido emocionante pra ele Abby ter feito! E a vida deles juntos depois do casamento? O final foi muito mais fofo em Desastre Iminente (Walking Desaster) do que em Belo Desastre. Impossível não terminar esse livro com um super sorriso no rosto. E o epílogo? Maravilhoso, emocionante e não deixou de ser divertido também. Terminou muito melhor do que imaginava e desejava!

  
'Um dia desses você vai se apaixonar, filho. Não se contente com qualquer uma. Escolha a garota que não venha fácil, aquela que você tenha que lutar, e nunca pare de lutar. Nunca.'


Beijinhos,

12 comentários:

  1. Oi Fernanda. Não sei se gostaria deste livro, mas é sempre bom conhecer outras opções.

    Boa semana. Fabiana.

    ResponderExcluir
  2. Parece ótimo!!Estou lendo "O livro perdido das bruxas de Salem", delicioso de ler, surpreendente.bjs.

    ResponderExcluir
  3. Travis <3 to doida por esse livro!!!! ai que tudo, mais um sucesso garantido da autora e da Versus!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Olá minha querida Nanda!
    Acredita que nunca tinha ouvido falar de nenhum dos dois livros? Mesmo assim, fiquei super curiosa para lê-los, parecem ser muito bons :)
    Mil beijos, saúde e sucesso sempre.
    CoisadeMenina
    youtube.com/layladafonseca
    Instagram: @coisade_menina
    facebook.com/BgCoisadeMenina

    ResponderExcluir
  5. Eu não vejo a hora de ler, e sentir a história através do Travis, ele é um protagonista intenso, que no outro livro mexeu muito comigo, imagina agora narrando a história. Bjos!!
    Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  6. Oiii Fernanda, amei a dica e amei tbém a mensagem final, eu diria isso se tivesse um filho, e gostaria que minhas filhas fosses difíceis assim! Bjinhossssss

    ResponderExcluir
  7. Ainda não li Belo Desastre por isso não tem como eu ler este por enquanto.

    Bjus.

    http://livrosleituraseafins.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Olá,querida!
    O Travis é o meu amante literario desde Belo Desastre,mas ainda não li este livro.Isto é triste,somente li até a parte que a mãe dele diz isto que você deixou no final rsrs
    Beijos!
    http://dailyofbooks.blogspot.com.br/2013/09/as-vantagens-de-ser-invisivel.html

    ResponderExcluir
  9. A história parece ser muito boa, gostei da sua resenha.

    Beijos,

    http://dicasdalaiza.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Amoooo! Travis maravilhoso!
    http://cladoslivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Eu to LOUCA para ler esse livro, pois Belo Desastre foi uma grata surpresa pra mim e uma das melhores leituras desse ano. Bom saber que mesmo sendo a mesma estória, parece que tem muita coisa nova. Acho que vou me apaixonar mais ainda pelo Travis lindo!!!

    Bjs, @dnisin
    www.seja-cult.com

    ResponderExcluir
  12. Oi Fernanda!
    Que bom que o livro foi ainda melhor do que você esperava :)
    Eu li e gostei de "Belo Desastre", mas não pretendo ler esse. Acho que a história perderia a graça, mas não porque já sabemos o que acontece e sim por acompanharmos os acontecimentos pelo ponto de vista de Travis. Ele é um ótimo personagem e poderia dar um ótimo narrador, mas eu particularmente acho que uma das razões que faz "Belo Desastre" tão bom é a imprevisibilidade do Travis (eu ficava o tempo todo imaginando qual seria a reação dele às coisas). No momento em que acompanhamos pelo seu ponto de vista, perdemos esse "mistério". Então prefiro ficar só com a versão da Abby mesmo..
    Beijos
    alemdacontracapa.blogspot.com

    ResponderExcluir

Obrigada por passar no meu cantinho! Volte sempre!